ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

POSTADO EM 17 fev 2021 · Sessão Ordinária

Sessão Ordinária 16/02/2021

A 3ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Vianópolis, aconteceu ontem (16), com muitas aprovações e um projeto emocionante.
A instituição do mês da luta pelos direitos do queimado, denominado “Junho Laranja”, e a declaração de utilidade pública a liga de desporto da Estrada de Ferro, passaram pela segunda votação e foram aprovados. O adicional de insalubridade dos agentes comunitários de saúde e endemias, segue em estudo pelas Comissões.

Foi colocado em pauta, a revisão geral anual do vencimento base dos servidores públicos municipais efetivos e comissionados do Poder Executivo, e da Câmara Municipal de Vianópolis.

O vereador, @nelsoncgneto , solicitou a instituição do projeto “Medalha Professora Deuzélia”. Durante sua explanação, ele citou a importância de valorizar os alunos que se destacam nas escolas de rede pública de ensino; e mencionou o motivo de colocar o nome da professora, Deuzélia Maria Gomes (in memorian), pela referência de profissional que ela foi no município.

A vereadora, Maria José Barbosa parabenizou a iniciativa, e aproveitou seu momento de fala para citar a reunião com a Enel, realizada na última quarta-feira (10), e a importância da melhoria na rede elétrica, sobretudo para os pacientes que utilizam aparelhos eletrônicos de saúde. O Presidente, @edson.soaresvps , completou parabenizando o prefeito, @samuelcotrimoficial , pela reunião com a equipe técnica e executiva da Enel.

Por fim, o Presidente solicitou dois requerimentos, um da construção de um quiosque com lanchonete e banheiros na Praça João Mesquita; e outro da pintura de faixa de pedestres na Avenida Thales Pompeu de Pina. Ambos, foram colocados em votação e aprovados. E citou, a falta de respeito que alguns carros de som têm ao passar pela cidade, com o volume extremamente alto. Os vereadores, @mariaabadia68 e @valmirjoaofuhrmann compartilharam da mesma opinião, em relação ao incômodo. Por isso, o Presidente solicitou o envio de ofício a secretaria de Planejamento, Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico, para que se tome as medidas necessárias.